18/05/2017 18 de maio – Dia Nacional da Luta Antimanicomial

 

O CAPS em parceria com a SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE, o NASF, a EQUIPE DE ATENÇÃO PRIMÁRIA e a APAE de Presidente Olegário comemoraram o dia 18 de Maio que marca, no Brasil, o Dia Nacional da Luta Antimanicomial.

O evento aconteceu no Recanto Dona Tininha e contou com participação dos pacientes assistidos no CAPS, pessoas da comunidade, alunos da APAE e de vários profissionais de saúde do município.

Durante a comemoração, houve uma roda de conversa com médico do CAPS, Rafael Dupin Vieira Fonseca, que explicou a importância da Luta Antimanicomial; em seguida, o Educador Físico do NASF, Guilherme Cícero, fez uma atividade de alongamento e, logo após, o Educador Físico da APAE, Rafael Nicolau Godinho, fez uma atividade com Zumba. A comemoração foi encerrada com um lanche para todos.

É importante lembrar que essa data foi instaurada em 1987 na cidade de Bauru, durante o Congresso de Trabalhadores de Serviços de Saúde Mental, segundo informações do site da Associação de Volta Para Casa. Nessa época se deu visibilidade ao Movimento da Luta Antimanicomial, adotando o lema “Por uma sociedade sem manicômios” e inaugurando uma nova trajetória da proposta de Reforma Psiquiátrica Brasileira.

Por esta razão, o Movimento tem como meta a substituição progressiva dos hospitais psiquiátricos tradicionais por serviços abertos de tratamento (por exemplo: O CAPS, Ambulatórios de Saúde Mental, etc.). Também visa novos meios de atenção mais digna e diversificada de modo a atender às diferentes formas e momentos em que o sofrimento mental surge e se manifesta.

 

Colaboração: Lara Cristina Gonçalves de Oliveira